Benner Software de gestão para revolução do seu negócio

Gestão de serviços jurídicos
7 de outubro de 2021

Gestão de serviços jurídicos: 6 tendências que você precisa conhecer

labpersona

serviços jurídicos da posteridade.

Neste artigo, direcionamos os “holofotes” para as principais tendências para a gestão jurídica. Dentre elas, destacamos uma que já oferece enormes vantagens para as empresas. Acompanhe os próximos tópicos!

Tendências para a gestão jurídica 

Devido às tecnologias desenvolvidas pela transformação digital, as empresas jurídicas estão obtendo muitas soluções eficientes para as suas demandas internas. Vejamos algumas dessas ferramentas que prometem estar no futuro dessa área.

Direito digital

Com a aprovação da lei n0 12.965/2014 (Marco Civil da Internet) e da Lei Geral do Proteção de Dados (LGPD), bem como o desenvolvimento de tecnologias para o setor jurídico, criou-se o direito digital. Com ele, várias áreas são integradas em ambientes digitais, como: o direito civil, trabalhista e do consumidor.

Sendo assim, processos, transações e movimentações jurídicas são realizadas em plataformas virtuais e sistemas online. Essas atividades têm o mesmo peso jurídico que as feitas de forma presencial, mas sem determinados custos, como o gasto com deslocamentos e material de papelaria.

Blockchain

O blockchain é um conceito que proporciona segurança e eficiência para os processos jurídicos. Embora seja algo relativamente novo, algumas aplicações já utilizam o blockchain para:

  • Registro e transferências de bens móveis e imóveis;
  • Contratos inteligentes;
  • Autenticação de contratos em cartórios;
  • Pagamentos virtuais;
  • Assinaturas digitais;
  • Preenchimentos automáticos.

Podemos dizer que o blockchain é um dos maiores sinais da aproximação da tecnologia da informação, da inteligência artificial e do setor jurídico.

Automação de processos

O conceito de automação de processos (RPA) é uma importante tendência para o setor jurídico, pois impulsiona a produtividade, agilidade e a redução de erros humanos. Além disso, o uso de tecnologias elimina serviços manuais e burocráticos, tornando a área jurídica mais estratégica.

Nesse contexto da RPA, podemos citar as plataformas que fazem o acompanhamento dos processos judiciais de forma automática. Quando uma movimentação acontece, o sistema emite uma notificação para os advogados responsáveis. Dessa forma, nenhum prazo para apelação é perdido.

Legaltechs e lawtechs

Algumas startups também figuram como fortes tendências para a gestão de serviços jurídicos. Essas empresas inovadoras são chamadas de legaltechs e lawtechs. Dentre as contribuições que oferecem para o desenvolvimento da área, podemos citar:

  • Ferramentas virtuais para negociações com clientes;
  • Canais para interatividade entre os profissionais jurídicos;
  • Software para gestão de contratos;
  • Utilização do analytics (gestão de dados) e da jurimetria na automação de jurisprudências.

Uma vez que, as startups são focadas em metodologias para o desenvolvimento ágil de soluções, em curto prazo, podemos esperar ferramentas digitais ainda mais robustas e intuitivas.

Machine learning

O conceito de machine learning também faz parte da gestão de dados e significa a aprendizagem das máquinas. Esse sistema coleta e armazena conhecimentos por meio de observações, mensurações, interações e da captação de dados.

Dessa forma, os profissionais jurídicos têm em mãos valiosas informações para a tomada de decisões. Esse acervo pode ajudar na formulação de petições e recursos judiciais, análise do custo médio com honorários advocatícios e da quantidade de ações perdidas ou ganhas.

BPO Jurídico da Benner 

Outra tendência que merece destaque é o Sistema para Departamento Jurídico Benner. Através destes serviços, a empresa gerencia indicadores em tempo real, automatiza processos internos, administra o fluxo de trabalho e obtém segurança para os documentos. Alguns serviços que podem ser transferidos e controlados por uma SLA de atendimento em tempo real:

BPO Operacional:

Cadastro de Processos com o uso da IA;

Geração de Subsídios;

Pagamentos;

Obrigações de Fazer;

Encerramento de Pastas;

Acordos;

Gestão de Audiência;

BPO Estratégico:

Conciliação de Depósitos e Saneamento;

Prepostos Profissionais;

Gestão de Garantias;

Declaração Anual de DIRF;

BPO de Cálculos Judiciais:

Cálculos Trabalhistas;

Cálculos Administrativos;

Cálculos Ambientais;

Cálculos Tributários;

Cálculos Cíveis;

Cálculos Previdenciários.

Tanto a gestão de contencioso quanto o jurídico consultivo recebem funcionalidades que facilitam um gerenciamento completo e eficiente. Todo o tratamento de dados é feito com base nos critérios estabelecidos pela Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Diante de todas essas vantagens, a gestão de serviços jurídicos da empresa se prepara para o futuro. Na verdade, com o Sistema para Departamento Jurídico Benner, a organização já começa a viver o futuro. Sendo assim, o negócio está um passo à frente da concorrência.Gostou do nosso artigo? Entendeu quais são as tendências para a gestão de serviços jurídicos? Então, conheça agora mesmo todos os recursos oferecidos pelo sistema para departamento jurídico Benner!